FBRFITNESS (1).png
animation (4).gif

7 DICAS PARA COMEÇAR NA MUSCULAÇÃO

Atualizado: 27 de Mai de 2020



Eu sempre, em meus posts, falo muito sobre performance e conceitos avançados.

Devido ao grande crescimento do esporte e as dúvidas sobre princípios básicos que venho recebendo, esta semana e semana que vem, será um pouco diferente.


Esta semana falarei sobre quem está começando agora a adentrar o mundo da musculação. Este post é para você que começou a treinar e ainda, sem demérito nenhum, está engatinhando nesse mundo tão fascinante e apaixonante.


Como começar


Então jovenzito maroto, você acabou de começar a treinar e está meio perdido procurando saber qual é o melhor tipo de treino, como deve dividir o seu treino, qual o treino dos melhores atletas para você fazer igual, qual é o melhor suplemento para ganho de massa muscular, qual é o melhor suplemento pra ter abdominal tanquinho, querendo saber como ganhar 25kg de massa seca tomando o "nãoseioquedrol", mas tudo o que você lê e ouve te geram mais perguntas do que respostas. Pois bem, o tio Fábio está aqui para te dar uma luz!


Como eu comecei


Primeiramente, vou começar contando como eu comecei a treinar.


Meus ídolos sempre foram o Stallone e o Schwarzenegger, tanto que quando tinha 3 anos de idade fiz minha mãe comprar a fita do filme "Rocky IV" para ficar assistindo sem parar. Acho que eu assistia o filme pelo menos umas 2 ou 3 vezes por semana Hahaha.


O tempo passou e eu sofri calado... não... pera... o tempo passou eu fui crescendo. Quando eu tinha 15 anos, alguns de meus amigos do colégio resolveram começar a treinar em uma academia próxima. Eu mais do que depressa, quis ir junto e começamos a treinar.


Eu comecei a ter resultados muito rapidamente, pois tinha uma genética muito boa, principalmente para braços. Apesar de eu ser magrelo na época, pesava 68kg e tinha 29cm de braço, em 5 meses consegui subir meu peso para 74kg e meu braço para 35cm (hoje o tio Fábio tem 111kg e 50cm de braço! Aqui na página tem uma foto com a minha evolução).

Essa evolução foi um feito na época! (Devo lembrar que eu nem sabia da existência de esteroides anabolizantes, antes que alguém pense alguma coisa...).


Mas depois de um ano e meio eu estagnei em minha evolução, primeiro porque eu nunca tinha feito, e nem tinha pensado, em fazer dieta, depois porque eu usava o mesmo treino sempre.


Olhando hoje, é obvio os motivos que levaram a estagnação: Treino mal feito, dieta precária, descanso ridículo, má orientação, etc.


Mas na época, jovem, não era tão óbvio assim e eu não tinha ideia do porquê aquilo ocorria (devo lembrar também que naquela época não tinha 10% da informação de qualidade que existe hoje na internet sobre o assunto).


Bom, "dando cabeçadas e mais cabeçadas" eu consegui a duras penas, em uma período de 3 anos, ter uma evolução até os 38cm de braço e 82kg e dai realmente não passei mais.


O resto da história eu conto no próximo post quando vou falar sobre quem já passou para o próximo nível no treinamento, porque essa parte, foi quando eu tinha 19 anos, época na qual, resolvi realmente levar a sério e estudar o assunto musculação. Também foi quando eu me matriculei na faculdade de Educação Física.


Mas agora que você quase dormiu sentado com a historinha do tio, ou pulou metade do post... Deus ta vendo essa "zueragem", hein jovem... Vamos à algumas diretrizes para quem está perdido, como o tio Fábio estava quando era um jovem, como você, aspirante a monstrinho.


7 dicas PARA INICIANTES na musculação


1 - Não tenha pressa


Jovem, não tenha pressa! Ninguém fica grande da noite pro dia. Ouvi uma vez o, literalmente GRANDE, Paulo Muzy falar isso e concordo 100% com ele, quando você olha um fisiculturista, você não está olhando para o presente, você está olhando para o passado, está olhando para TUDO o que ele fez para chegar até onde ele está!


Acredite, não foi em 2 meses.

Você pode tomar o que quiser que não vai passar de magro, ou gordinho, pra monstrão rápido do jeito que todo mundo gostaria.


2 - O treino de adaptação não precisa levar meses



Esqueça essa história de treino de adaptação extremamente longos, se você quisesse, você poderia até começar utilizando o protocolo de força máxima (3 a 5 repetições com muito peso) e dificilmente teria uma lesão realizando a técnica correta dos exercícios.


Mas então por que meu instrutor/professor passa aquelas séries de alta repetição e pouco peso, Fábio? Não é para evitar lesão?



Não, jovem. A sua força é proporcional ao que você conseguirá levantar. As séries "altas" são para seu corpo "aprender" os movimentos. Nós aprendemos por reforço, ou seja, repetição. Então altas repetições levam a um aprendizado motor mais rápido. Lembra que eu falei que você PODERIA começar até com protocolo de força máxima? Poder, poderia mesmo, mas porque não é legal fazer isso. Primeiro porque eu disse que você provavelmente não se lesionaria fazendo a técnica correta, só que você ainda não deve saber executar corretamente os exercícios,