FBRFITNESS (1).png
animation (4).gif

VARIAÇÃO DE ESTÍMULOS NA MUSCULAÇÃO

Atualizado: Abr 21


Hoje vamos falar sobre uma dúvida que assombra muito de vocês: “A IMPORTÂNCIA DE MUDAR O ESTÍMULO”, que normalmente vem disfarçada de “DE QUANTO EM QUANTO TEMPO TENHO QUE TROCAR MEU TREINO?”.

Para começar a “brincadeira” vamos entender como que surgem os resultados dos treinos.

Quando treinamos qualquer capacidade física, estamos na verdade, dando um estímulo que sabemos que a resposta fisiológica do seu organismo será a melhora daquela capacidade alvo.

Quando treinamos alongamento, por exemplo, estamos querendo melhorar a flexibilidade (estou falando de alongamento como um treinamento e não aquele se faz, normalmente, antes de alguma atividade apenas para alongar a musculatura).

Na musculação estamos querendo treinar a capacidade física FORÇA, por isso, a musculação se encaixa dentro do grupo de atividades físicas “TREINAMENTO DE FORÇA”.

Então beleza, agora que você já sabe que o treinamento é um estímulo, vamos entender como a resposta a ele acontece.

Sem enrolar, vamos direto para a musculação, que é o que nos interessa aqui.

Na verdade na musculação existem dois tipos de estímulos: os tensionais e os metabólicos. Mas como isso é mais complexo, eu vou explicar o básico para você entender facilmente as coisas. Explicarei a diferença entre os dois em outro artigo.

Quando treinamos, não ficamos mais fortes, ficamos mais fracos. É no descanso, após a supercompensação, que ficamos mais fortes do que éramos antes (para entender melhor o que é supercompensação veja esse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=GV3xJuhjH_k). Mas como acontece essa supercompensação, que é a resposta do seu organismo ao estímulo (treino)?

Quando você treina várias estruturas da sua musculatura se degradam. Como isso para o organismo é ruim, porque ele terá que reparar essas estruturas, gastando assim uma preciosa energia, ele as fortifica para que elas não sofram esse desgaste tão facilmente de novo. Esse fortalecimento no caso dos músculos é o que chamamos de Hipertrofia Miofibrilar.

A Hipertrofia Miofibrilar é o espessamento da fibra muscular pela adição de proteínas contráteis (adição de sarcômeros em paralelos).

Também temos a Hipertrófica Sarcoplasmática, que é o aumento do volume muscular por aumento do volume do sarcoplasma, como por exemplo, aumento dos estoques de glicogênio, aumento dos estoques de creatina fosfato, etc.

Acontece que a hipertrofia não é o único mecanismo de ganho de força. Existe também a adaptação neural.

A adaptação neural é a criação de novas inervações das fibras musculares. Por que apesar de você ter milhares de fibras, nem todas elas estão inervadas e prontas para serem usadas.

Bom, parece que a coisa não era tão simples como você pensava, né?

Sendo o objetivo das respostas ao treinamento melhorar a capacidade física força a fim de que as estruturas musculares não se degradem tão facilmente, é quase óbvio que uma determinada hora o organismo irá atingir o objetivo dele, ou seja, você vai parar de ter ganhos, pois ele não precisará dar resposta alguma.

E como você faz para que isso não aconteça?

Uma das possibilidades é aumentar o peso. Outra possibilidade é aumenta o número de repetições com o mesmo peso. Outra é aumentar o número de séries.

Mas a pergunta é: isso funciona?

É claro que SIM, esse é o princípio da Carga de Treino progressiva!!!

Mas só fazer essas mudanças é a melhor estratégia?

Não, nem de longe é a melhor estratégia.

Além disso, há estratégias para tentarmos abreviar o ganho de força por um dos mecanismos para tentarmos obter mais resposta pelo outro.

Por isso você deve dominar uma porção de conceitos, estratégias, técnicas de intensidade, técnicas de execução e outras coisas para saber como manter seu progresso sempre constante. Lembrando que para você obter a resposta adequada sua dieta deve estar de acordo com seu treino.

Obviamente, quanto mais treinado você é, menos treinável você fica.

O que eu quero dizer com isso? Quanto mais longe você for, mais difícil será passar para o próximo nível. Isso lembra bastante RPG, não (“Os nerd” pira!!!!)?

Então é isso.


Eu sou o Professor Fábio Rocamora, Personal Trainer, Coach e Bodybuilder fundador da FBR FITNESS e idealizador do PROJETO KING SIZE.


Quer saber mais?


Se cadastre no nosso site e receba todas as novidades!!! é Grátis!!!


Se inscreva na página do Facebook , no canal do Youtube , Instragram e fique sempre por dentro das novidades!!!


Confira nossos curso do PROJETO KING SIZE, se cadastrando você tem acesso a materiais GRATUITOS EXCLUSIVOS!!!


Consultoria pelo Whatssap (11) 99638-4382


Deixe seu comentário, dúvidas ou sugestão para sabermos como podemos sempre melhorar nosso trabalho e trazer informações que sejam realmente relevantes!!!


Grande abraço e sucesso!!!

188 visualizações

© 2020 por FBR FITNESS. 

Politica de Privacidade | Termos de Uso